Condenado por calúnia jornalista emite nota de retratação ao senador Cássio Cunha Lima

Ciente disso, retiro todas as acusações caluniosas vociferadas contra o político paraibano, por extrapolarem os limites da crítica legítima e não se coadunarem com os fatos conhecidos, e que foram proferidas detratando a sua imagem de homem público….leia detalhes…

O jornalista Marcos Marinho emitiu uma nota na qual se retrata por calúnias e difamações publicadas contra o ex-governador Cássio Cunha Lima.

Confira a nota:

José Marcos Marinho Falcão, diretor-geral e colunista do Jornal A Palavra, conforme acordo homologado pelo Juizado Especial Criminal da Comarca de Campina Grande, nos autos do processo nº 0831311-81.2020.8.15.0001, vem retratar-se por injúrias, calúnias e difamações propagadas contra o Sr. Cássio Cunha Lima, em coluna de minha autoria, disponibilizada nesse espaço no dia 10/11/2020.

No texto publicado, utilizei por diversas vezes expressões consideradas por ele ofensivas a sua honra, e contribuí desse modo com a difusão de informações inverídicas, em postura frontalmente contrária à ética exigida pelo bom jornalismo.

Ciente disso, retiro todas as acusações caluniosas vociferadas contra o político paraibano, por extrapolarem os limites da crítica legítima e não se coadunarem com os fatos conhecidos, e que foram proferidas detratando a sua imagem de homem público.

Os abusos por mim perpetrados impuseram-me, legitimamente, o dever de indenizar ao Sr. Cássio Cunha Lima, que prontamente decidiu doar os valores que lhe seriam destinados a instituições de caridade, com as quais sempre esteve compromissado: a APAE, o Instituto São Vicente de Paulo e a Casa da Criança Dr. João Moura.

Reitero, publicamente, meu pedido de desculpas ao Sr. Cássio Cunha Lima, por todos os danos que ele entende injustamente eu causei a ele e sua família, e também aos meus estimados leitores, por ter oferecido jornalismo parcial e desinformativo, me comprometendo a não tornar a cometer as lastimáveis críticas.

José Marcos Marinho Falcão

Deixe um comentário...