Ex-TV Globo revela ter sido vítima de abuso sexual na infância

0

Helga Nemetik

Helga Nemetik decidiu quebrar o silêncio e expor ter sido abusada sexualmente durante a infância. A ex-TV Globo, que atuou pela última vez na emissora na novela Nos Tempos do Imperador, contou detalhes do trauma que afetou, por muitos anos, a sua vida profissional e pessoal, na peça de teatro Não conta pra ninguém, que vai estrear no dia 7 de junho, no Sesi da Avenida Paulista, em São Paulo.

“Fui descobrindo que esses gatilhos e traumas decorriam do abuso que sofri. E eu sempre achei que lidava bem com isso. Achava que a culpa era minha, porque é isso que acontece com as vítimas de abuso”, disse para o jornal O Globo.

Helga seguiu: “Então, durante toda a minha adolescência e primeira fase adulta, aquilo ficou esquecido e adormecido porque eu achava que a culpa era minha. Depois dos 35 anos, comecei a sofrer as consequências, porque o corpo guarda as marcas dos pensamentos e das emoções”.

Nemetik continuou o relato lembrando que passou a ter problemas psicológicos por conta do trágico incidente, já que mantinha o episódio trancado a sete chaves. Comecei a sofrer ataques de pânico e crises de ansiedade. E aí fui entender com a terapia que isso tudo era consequência do abuso. Então, eu pensei: ‘Nunca contei para ninguém. Eu preciso contar’”, ressaltou.

A artista, que ainda é cantora, falou da experiência de ressignificar a dor e transformá-la em arte: “Está sendo muito gratificante e ao mesmo tempo doloroso. Porque mexer nessas feridas é uma coisa que a gente precisa ter muito cuidado. Mas falar sobre isso e contar a minha história, obviamente com um pouco de ficção, pode não curar, mas de certa forma vai fazer com que eu comece a sublimar”.

Helga destacou a importância de compartilhar sobre o assédio, como forma de motivar outras mulheres a darem queixas de seus agressores. “Isso também é dar voz a todos os participantes desses episódios e induzir as pessoas a denunciarem. A gente não imagina quantas mulheres próximas de nós passaram por situações como essa, porque a gente não falou sobre isso. E muitas outras não falaram. Fazer essa peça é um desabafo, uma forma de sublimação e um incentivo à denúncia”, frisou.

Helga Nemetik finalizou pontuando que quase ninguém tem coragem de falar que já sofreu algum tipo de abuso sexual. “As pessoas estão mais acostumadas a me ver cantando em programas de música, musicais e comédias. Eu adoro fazer, mas preciso mostrar que a minha arte não é só isso. Ela também é uma arte que denuncia, que tem força dramática e que usa o teatro como um instrumento político e social”, encerrou.

About Author

Deixe um comentário...