Família denuncia maus-tratos a recém-nascido em berçário de João Pessoa

Delegacia da Infância e Juventude, em João Pessoa — Foto: TV Cabo Branco/Reprodução

Um suposto crime de maus-tratos contra um recém-nascido foi denunciado por uma família, em João Pessoa. Os pais do menino de sete meses de vida denunciaram o caso à Polícia Civil na quinta-feira (24). Eles alegam que a agressão ocorreu em um berçário no bairro Alto do Mateus.

O caso ganhou repercussão após uma mulher aparecer em um vídeo com uma criança. Nas imagens, que circulam nas redes sociais, é possível ver a cuidadora sacudindo um menino após o banho. (Veja o vídeo no fim da matéria)

O que dizem os denunciados 

O portal conversou com a mulher responsável pelo estabelecimento onde até a noite da quarta-feira (23) havia uma placa com identificação e telefone para contato.

Ela informou que as imagens são referentes a outra criança, uma menina, que frequentava o espaço. “Já falamos com o advogado e com o pai da menina que aparece no vídeo e estamos tomando providências sobre esse caso”. Ela não quis se identificar.

“Não é um berçário. É a minha casa. Cuidávamos dessa criança, pois os pais dela são nossos amigos. Alguém de má fé fez o vídeo, que não condiz com o que aconteceu. Inclusive, naquele momento, o pai da criança estava lá conosco.”

Sobre a mulher que aparece nas imagens. A responsável pelo espaço diz que não é funcionária, mas sim uma nora.

Família contesta vídeo

Os pais de um menino dizem que a criança que aparece nas imagens é o filho deles. Em entrevista à repórter Pollyana Sorrentino da TV Tambaú, a mãe da criança contestou a versão da mulher responsável pelo berçário. Com acesso ao vídeo, ela reconheceu o filho.

“Em um dia fui buscá-lo e tinha uma manchinha no braço, mas ela disse que foi no tatame, que ele se virou e se machucou. Eu fiquei horrorizada porque é muito chocante”. 

Veja a entrevista completa:

Deixe um comentário...