Homem é morto por ganhar jogo de sinuca; foi o oitavo homicídio em 48h na PB

0

Foto: Polícia Militar/Divulgação

Na noite de sábado (6), um crime assustou moradores do Bairro das Indústrias, na zona sul de João Pessoa. Wesley, um gari de 28 anos, foi morto com quatro facadas após se desentender com um colega de bar por ter ganhado em um jogo de sinuca. Segundo testemunhas, o autor do crime, insatisfeito com a derrota, foi até sua casa, voltou armado com uma faca e atacou Wesley e um amigo dele, de 42 anos.

De acordo com a Perícia que atendeu o caso, Wesley não teve chance de defesa, não esboçando nenhuma reação para tentar intervir no ataque. O amigo de Wesley sobreviveu ao ataque e segue internado no Hospital de Trauma de João Pessoa, com estado de saúde estável.

Polícia Militar da Região já identificou o autor e está em diligências para efetuar sua prisão.

Esse foi o quarto homicídio na região metropolitana de João Pessoa em menos de 48 horas, entre sexta-feira (5) e sábado (6). As cidades de Puxinanã, Lagoa Seca, Itabaiana e Baía da Traição também registraram assassinatos. Considerando-os, o crime no Bairro das Indústrias é pelo menos o oitavo no período.

Crime no Grotão

Na sexta-feira (5), no Bairro do Grotão em João Pessoa, o corpo de Lavini, de 20 anos, foi encontrado sem vida e com marcas de dois tiros de longa distância, na Rua Recife. Testemunhas relataram ter ouvido barulho de tiros por volta da meia-noite, mas o corpo só foi identificado cinco horas depois. A delegada Flávia Assad informou que a vítima tinha envolvimento com o tráfico de drogas e uma organização criminosa que domina a região. A família nega qualquer envolvimento do jovem com atividades ilícitas.

Crime em Santa Rita

Ainda na sexta-feira (5), um homem foi executado a tiros no Bairro Alto das Populares, em Santa Rita, enquanto voltava para casa. Segundo a Perícia, ele foi atingido por 32 tiros, principalmente na cabeça. Foram encontrados 37 estojos de munição calibre .40, .380 e 9mm. O corpo aguarda identificação no IML.

Crime no Ernani Sátiro

Outro homicídio foi registrado no mesmo horário, na Rua Artur Barbosa Freire, no Bairro Ernani Sátiro, em João Pessoa. Eunildes, uma mulher de 63 anos, foi surpreendida por um criminoso que tentou assaltá-la. Ao reagir, ela foi morta com perfurações de faca na região do tórax, morrendo na hora.

Crime em Baía da Traição

Na cidade de Baía da Traição, na sexta-feira (5), Pedro Vital Neves de Souza, de 31 anos, foi executado com três tiros dentro de seu comércio. Testemunhas relataram que dois indivíduos efetuaram os disparos enquanto Pedro estava de costas. A Polícia Civil investiga o caso.

Crime em Itabaiana

Por fim, na noite de sábado (6), um ex-presidiário conhecido como “Vitinho” foi morto com mais de 30 tiros na cabeça, na cidade de Itabaiana. A Polícia Militar informou que ele estava em liberdade há quase 30 dias. O padrasto da vítima expressou temer que algo assim pudesse acontecer, apesar de Vitinho ser muito trabalhador e ajudar na fazenda da família.

Crime em Lagoa Seca

Felipe Silva de Melo, de 27 anos, é morto a tiros em Lagoa Seca, região metropolitana de Campina Grande, na manhã de sábado (6). Segundo testemunhas, o crime aconteceu na zona rural, ‘Sítio Mineiro’, quando um homem ‘saiu do meio dos mato’ e atirou contra Felipe, que voltava do trabalho em uma moto. O criminoso fugiu e ainda não foi localizado. A Polícia Civil disse que a vítima morreu no local e ainda não tem informações sobre o porquê Felipe foi morto.

Crime em Puxinanã

Um crime de homicídio aconteceu por volta das 21h de sábado (6), ao lado da sede da prefeitura do município de Puxinanã, que fica na região metropolitana de Campina Grande. “Guri”, como era conhecido, trabalhava como vigilante no Parque de Eventos da cidade. Ele foi atingido por tiros na cabeça. A autoria do crime ainda é um mistério. Testemunhas relataram que viram suspeitos saindo do local em uma motocicleta. Câmeras de segurança instaladas na região podem ajudar na identificação dos acusados.

A Polícia Civil continua investigando todos os casos para entender as motivações.

por t5

About Author

Deixe um comentário...