Justiça determina volta de Zuma, ex-presidente sul-africano, à prisão

Jacob Zuma. Foto: Reprodução

Por Daniela Santos

A Suprema Corte da África do Sul decidiu na segunda-feira (21/11) que a decisão de permitir que o ex-presidente Jacob Zuma cumprisse a sentença em casa por questões de saúde é ilegal. O julgamento também determinou a volta de Zuma à prisão para cumprir o restante da pena, de acordo com a agência de notícia Reuters.

O ex-presidente foi condenado a 15 meses por descumprir uma ordem judicial no inquérito que investigou escândalos de corrupção em seu governo. Ele passou dois meses na cadeia quando lhe foi concedida a liberdade condicional por razões médicas.

Em dezembro do ano passado, a Corte sul-africana anulou a decisão que o concedeu liberdade condicional, mas o ex-presidente recorreu.

“Em outras palavras, o senhor Zuma, legalmente, não terminou de cumprir sua sentença. Ele deve retornar ao centro correcional de Estcourt para fazê-lo”, diz a decisão.

Deixe um comentário...