Lula afirma que os “livros de economia estão superados”

0

Lula. Foto: Hugo Barreto

Por Marcos Melo

Durante a cerimônia de lançamento do programa Mais Médicos, na segunda-feira (20), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou que os “livros de economia estão superados” e que, a partir de agora, “é preciso criar uma nova mentalidade sobre a razão de a gente governar”.

Na ocasião, o chefe do Executivo voltou a dizer que, quando o assunto é “avanço social”, não há gastos, apenas “investimentos”.

– O Mais Médicos voltou, porque a saúde não pode ser refém do teto de gastos, dos juros altos ou cortes orçamentários em nome de um equilíbrio fiscal. Não pode tratar educação como gasto, a saúde como gasto, porque não tem investimento maior do que salvar uma vida. Qual é o preço que você paga de não cuidar das pessoas na hora certa? Aliás, o Brasil é especialista nisso, toda vez que a gente vai discutir um avanço social, aparece alguém da área econômica para dizer que é gasto, a gente não pode mais gastar, não tem como gastar – queixou-se.

As declarações de Lula ocorrem em meio à pressão para que ele divulgue o novo arcabouço fiscal. Na terça (21), entretanto, ele afirmou que as regras só devem ser anunciadas após sua viagem à China, que se inicia neste fim de semana.

– É preciso discutir um pouco mais. A gente não tem que ter a pressa que algumas pessoas do setor financeiro querem – assinalou Lula em entrevista à TV 247.

About Author

Deixe um comentário...