Lula quer nomear mulher para a Saúde, e 5 nomes são cotados

Lula durante coletiva. Foto: Reprodução/YouTube Lula

Por Monique Mello

O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pretende escalar uma mulher para comandar o Ministério da Saúde. A iniciativa seria uma forma de o petista cumprir a promessa de promover a paridade de gênero em sua gestão.

De acordo com o colunista Igor Gadelha, do Metrópoles, Lula deseja que a futura ministra tenha experiência como sanitarista, o que não necessariamente exige que ela seja formada em medicina. Na verdade, dos cinco nomes cotados até agora, apenas uma de fato não é médica. Se trata de Nísia Trindade Lima, presidente da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Ela é socióloga.

Os outros nomes de possíveis ministras são: Linamara Rizzo Battistella, médica e professora da USP; Lúcia Souto, médica e ex-deputada estadual do Rio de Janeiro; Ludhmilla Hajjar, médica cardiologista e Margareth Dalcolmo, médica pneumologista.

Linamara Rizzo estaria contando com a chancela do vice-presidente eleito Geraldo Alckmin (PSB). Ela ocupou um cargo no governo do ex-tucano enquanto ele era governador de São Paulo.

Deixe um comentário...