Menino vai parar no hospital após confusão entre alunos durante jogo de futsal em escola de Várzea-PB

0

Ginásio Municipal de Várzea-PB, onde estava sendo realizada a partida (Foto: Reprodução)

Na manhã da quinta-feira, 04 de julho de 2024, um episódio de violência durante um jogo de futsal interclasse na Escola Estadual ECI Odilon de Figueiredo, localizada na cidade de Várzea, Região Metropolitana de Patos, resultou em uma grave agressão física entre dois alunos, ambos menores de idade. O fato ocorreu por volta das 11h20min no ginásio municipal da cidade, onde estão sendo realizados os jogos.

Segundo relatos, a confusão começou após um aluno que seria estudante da terceira série realizar um movimento conhecido como “bicicleta” durante o jogo, que acabou acertando um aluno da primeira série. Em resposta, o aluno agredido teria reagido de maneira violenta, desferindo dois chutes no rosto do jovem enquanto ele estava caído no chão. De acordo com o que foi informado, o primeiro chute não acertou exatamente a cabeça, mas o segundo atingiu o crânio do jovem, deixando-o inconsciente.

O aluno agredido foi levado às pressas para o hospital de Santa Luzia, onde recebeu atendimento médico. Esta reportagem recebeu a informação de que após o atendimento inicial, o jovem foi trazido para a cidade de Patos, para a realização de uma ressonância.

A comunidade escolar ficou abalada com o incidente. Em resposta, os alunos da Escola Odilon de Figueiredo emitiram uma nota de repúdio criticando as medidas tomadas pela administração da escola. Na nota, os estudantes expressaram indignação com a punição aplicada ao agressor, que recebeu apenas uma suspensão de cinco dias.

“Nós, alunos da Escola ECI Odilon de Figueiredo, manifestamos repúdio às ações que foram tomadas a respeito da agressão cometida hoje, quinta feira, 04 de julho de 2024, no ginásio do município de Várzea. O autor que cometeu o ato de violência (aluno da primeira série) tentou acertar 3 (três) chutes no rosto do jovem (aluno da terceira série) enquanto o mesmo estava caído, 1 (um) desses chutes acabou acertando na cabeça do jovem. O jovem acabou sendo levado às pressas para o hospital de Santa Luzia. O agressor levou apenas uma suspensão de 5 dias, após atentar contra a vida de um ser humano! enquanto no ano passado, uma aluna foi convidada a se retirar da escola por ter levado bebida alcoólica para o ambiente escolar. É deplorável a forma como a escola Odilon de Figueiredo anda sendo administrada. Estamos inconformados há muito tempo com essa gestão!!”, diz um trecho da nota assinada pelos estudantes. 

6ª Gerência de Educação fala sobre o caso

Sobre o assunto, esta reportagem conversou com a gerente regional de Educação da 6ª GRE, Genilucia Medeiros, que falou sobre as medidas adotadas pela gestão da escola em relação ao caso.

Segundo Genilucia, o aluno recebeu uma suspensão escolar de cinco dias, além de ter sido proibido pela administração do ginásio municipal, onde estava sendo realizada a partida, de frequentar o espaço e participar de eventos desportivos no local pelo período de 60 dias.

Genilucia informou também que o pai do jovem agredido foi até a delegacia para registrar o caso.

A gerente destacou que está participando da organização do Orçamento Democrático Estadual, que ocorre nesta sexta (05) em Juazeirinho, mas que na próxima semana irá presencialmente até a ECI de Várzea para conversar com as partes envolvidas.

Por Patos Online

About Author

Deixe um comentário...