Omar Aziz chama Milei de ‘moleque’, ‘vagabundo’ e ‘bandido’ em comissão no Senado por falas contra Lula

0

Omar Aziz. Foto: Adriano Machado/Crusoé

O senador Omar Aziz (PSD-AM) ofendeu o presidente da Argentina Javier Milei chamando-o de “moleque”, “vagabundo” e “bandido”. As falas ocorreram na quarta-feira (3) durante a Comissão de Transparência , Governança, Fiscalização e Controle de Defesa do Consumidor na Casa Legislativa, que o parlamentar preside.

O senador defendia o chefe de Estado brasileiro ao analisar que uma crítica de Milei a Lula seria uma ofensa ao Brasil.

— Eu não posso aceitar que um vagabundo, um bandido que aparece do nada, que não tem história nenhuma, que nunca produziu absolutamente nada pelo povo argentino chegue e vá falar do presidente do nosso país. Temos que nos posicionar, não só a favor do Lula, mas de qualquer outro ex-presidente. É um cidadão brasileiro que esteve na presidência através do voto direto — disse o senador do Amazonas.

A sessão na comissão discutia um projeto de lei da senadora Damares Alves (Republicanos – DF) sobre proibição de logos em publicações do governo. O PL tem a relatoria do bolsonarista Marcos Rogério (PL-RO).

Na terça-feira (2), Milei fez críticas aos vizinhos sul-americanos, afirmando que o fracassado golpe de Estado na Bolívia foi uma “fraude montada”, e que Lula era “comunista e corrupto”. A ofensa do presidente da Argentina ocorre em meio à crescente tensão entre ele e o Brasil após Milei anunciar que não participará da próxima Cúpula de Chefes de Estado do Mercosul.

Além disso, o argentino deve vir ao Brasil no fim de semana para participar da Conferência de Ação Política Conservadora (CPAC) em Balneário Camboriú, Santa Catarina. O evento é encabeçado pelo filho do ex-presidente, Eduardo Bolsonaro, e deve marcar o encontro de Jair com Milei.

O presidente da Argentina Javier Milei e o senador brasileiro Omar Aziz
O presidente da Argentina Javier Milei e o senador brasileiro Omar Aziz

About Author

Deixe um comentário...