Polícia Civil prende traficante que mandava atacar policias militares: ‘Mata um deles aí’

Diney Lopes Torres, conhecido como Playboy, foi preso no distrito de Piabetá, em Magé. Em conversas interceptadas pelos investigadores, ele mandava subordinados atirar em agentes…leia detalhes…

A Polícia Civil prendeu na noite da última quinta-feira (19) um traficante que ordenava criminosos a atirar em policiais durante operações. Diney Lopes Torres, conhecido como Playboy, também era conhecido por ameaçar moradores e comerciantes em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

Ele foi preso no distrito de Piabetá, em Magé, também na Baixada. O criminoso se preparava para fugir para o Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio de Janeiro.

Os investigadores passaram mais de um ano acompanhando a movimentação de Playboy e outros criminosos da Vila Sapê e de Parada Angélica, em Duque de Caxias. Na quarta-feira (18), chegaram a fazer uma operação para tentar prendê-lo.

Diálogos interceptados

Playboy responde por tráfico internacional de drogas e armas, além de ser investigado por envolvimento em roubo de veículos. De acordo com a polícia, ele ainda intimidava e ameaçava moradores e comerciantes.

“Playboy ficou bastante conhecido na imprensa, tendo em vista que, em diálogos com outros traficantes, o mesmo falava para dar tiros em policiais que entrassem em territorio do tráfico. Inclusive falava que a vida do policial não vale nada se ele morrer”, afirmou o delegado Márcio Braga.

Em uma conversa telefônica interceptada com a autorização da Justiça, Playboy manda um subordinado atirar em policiais.

“Esses caras aí, eles não podem entrar na favela não. Se eles tomarem um tiro dentro da favela, não vai dar em nada! Matar um deles aí. Papo reto mesmo”, afirma o traficante na gravação.

Em outro diálogo, ele planeja um ataque aos policiais.

“Aí, mano, avisa todo mundo da boca aí. Tem que ser rápido. Os ‘cana’ tá na mata da Sapê. Junta as pistolas e bota para dentro do mato”, disse Playboy.

Diney Lopes Torres, conhecido como Playboy, foi preso na noite de quinta-feira (19) — Foto: Reprodução/ TV Globo

Mary Simon

Deixe um comentário...