Polícia prende 37 pessoas por abuso sexual infantil

Imagem ilustrativa. Foto: Reprodução

O Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) abriu, na manhã da terça-feira (6), a décima fase da Operação Luz da Infância. A ação inclui o cumprimento de 125 mandados de busca e apreensão em 18 estados contra crimes de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes na internet. Segundo a pasta, até as 11h, a Polícia havia prendido 37 pessoas em flagrante.

As diligências são realizadas no Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Pará, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso do Sul, São Paulo e Distrito Federal.

Além disso, a ofensiva tem braços no exterior – há mandados sendo cumpridos na Argentina, nos Estados Unidos, no Panamá e no Equador. Mais de 500 policiais civis e agentes de aplicação da lei foram mobilizados na ofensiva.

De acordo com o MJSP, desde que a primeira fase da Luz da Infância foi aberta, em 2017, foram cumpridos 1.922 mandados de busca e apreensão e realizadas 946 prisões em flagrante, em meio a diligências realizadas nas 27 unidades da federação.

A pasta classifica o número de detenções feitas ao longo de toda iniciativa como “alarmante” e faz um apelo ao destacar que o enfrentamento do abuso sexual e exploração infantil não deve ser feito somente pela Polícia.

– Pai, mãe, acompanhe seu filho online. Em época em que está todo mundo conectado e muita coisa online, preste atenção no que seu filho está fazendo, quem são os amigos dele, com quem ele está mantendo contato online. Tem muito predador utilizando perfis falsos para convencer crianças e adolescentes a mandar conteúdo íntimo, para enganar as crianças. Peço a vocês encarecidamente: preste atenção a seu filho! O acompanhamento é muito importante para mitigar o risco. A prevenção é o melhor caminho – defendeu a pasta.

*AE

Deixe um comentário...