Quem é a mulher de 50 anos que afirma ser filha de Rita Cadillac

0

Roberta de Freitas

Roberta de Freitas, uma mulher de 50 anos, afirma ser filha de Rita Cadillac. Ao Domingo Espetacular, da Record TV, a mulher contou sobre sua infância e detalhou como começaram as suspeitas de que sua mãe seria a ex-Chacrete.

Morando atualmente em Portugal, ela diz ter sido criado por uma mãe adotiva. Essa, por sua vez, afirmava que Rita Cadillac era sua madrinha. A suposta filha ainda diz que o nome da dançarina sempre era mencionado durante sua infância.

“O nome da Rita era muito presente e ela [a mãe adotiva] dizia que trabalhou com a Rita nas boates”, explicou, alegando ainda não sonhar em ser “filha de artista”: “Não é um sonho ser filha da Rita, filha de artista. Não é. Só quero conhecer a minha verdade. Acho que é um direito”.

Roberta entrou na Justiça para pedir reconhecimento de maternidade.

O que diz Rita Cadillac?

Em nota, Rita negou que seja mãe de Roberta e afirmou estar à disposição da Justiça para o exame de DNA.

Veja:

“Eu, Rita Cadillac, venho a público esclarecer a respeito da ação de investigação de maternidade movida contra mim. Gostaria de afirmar categoricamente que não sou a mãe da autora da ação. Aliás, como mulher e mãe, jamais negaria uma filha.

Este tipo de ação traz um profundo desconforto e tristeza, não apenas para mim, mas também para minha família e amigos. Como artista, sempre prezei pela transparência e pelo respeito ao meu público, e é com esse mesmo respeito que venho esclarecer esta situação.

Estou colaborando plenamente com a Justiça e disposta a realizar todos os exames necessários para comprovar minha posição. Confio que a verdade prevalecerá e que este mal-entendido será resolvido o mais breve possível.

É importante ressaltar que este processo corre em segredo de Justiça, portanto, peço encarecidamente que respeitem a privacidade das partes envolvidas. Qualquer dúvida ou questionamento deve ser direcionado aos meus advogados, que estão à disposição para fornecer as informações necessárias dentro dos limites legais.

Agradeço a compreensão e o apoio de todos neste momento difícil. A injustiça desta situação é dolorosa, mas tenho fé na Justiça e na verdade”.

 

About Author

Deixe um comentário...