Suspeitas de manipulação de resultados devem bater recorde em 2022

Foto: Shaun Botterill/Getty Images

Por Stefany Fernanda

A empresa Sportradar é responsável por identificar a manipulação de resultados em jogos. Até o dia 1 de agosto, já foram identificadas mais de 670 partidas manipuladas, 400 apenas no futebol.

Com a aproximação da Copa do Mundo, a empresa está em alerta. Por mais que as chances de manipulações na Copa do Mundo sejam mínimas, os especialistas alertam para as tentativas de possíveis aliciamentos de jogadores nos próximos meses.

Em entrevista ao GE, o executivo de comunicação da Sportradar contou que “A Copa do Mundo é o torneio mais importante do mundo do futebol, o que faz o risco ser naturalmente menor. É o ponto alto da carreira de atletas, a exposição mundial é vasta. Isso significa que atletas envolvidos estão menos propensos a manipular o curso ou o resultado de um jogo”.

Em 17 anos de monitoramento, a empresa Sportradar conta que o ano de 2021 bateu recorde de manipulação. A empresa levantou 903 jogos duvidosos no ano passado, em 10 esportes diferentes e em 76 países. Neste ano, já foram identificadas 670 partidas do tipo. E o novo recorde poderá ser batido ainda esse ano.

Deixe um comentário...