TCE vai inspecionar Arco Metropolitano de Campina Grande, após deslizamento de muro

1

TCE-PB — Foto: Divulgação/TCE-PB

Uma equipe de auditores do Tribunal de Contas do Estado vai inspecionar o Arco Metropolitano de Campina Grande, obra inaugurada há seis meses.

De acordo com a Corte de Contas, a decisão aconteceu após a observação do conselheiro Fábio Nogueira contra a má situação da obra. Segundo Fábio, apesar de nova, tem buracos no asfalto e talude de um pequeno viaduto já desmoronando. Ele ainda cobra que o Governo do Estado, que custeou o Arco Metropolitano, acione a empresa responsável pela má execução dos serviços.

A obra beneficia os motoristas que vão para o Brejo e Curimataú e também a mobilidade urbana de Campina Grande, maior beneficiada com a obra, interligando diretamente as rodovias BR-230, BR-104 e a PB-095, numa extensão de 6 km, com investimento de R$ 48 milhões, oriundos do Tesouro do Estado.

Governo garante segurança na obra

Na terça-feira (9), o secretário da Infraestrutura e dos Recursos Hídricos do Estado, Deusdete Queiroga, garantiu que o deslizamento de um muro de contenção no Arco Metropolitano, em Campina Grande, não afetou a estrutura da obra. Uma equipe da pasta fez uma visita técnica na manhã da segunda-feira (8).

“Fizemos uma vistoria na obra do Arco Metropolitano de Campina Grande,  exatamente no viaduto sobre a BR-104, próximo a Lagoa Seca, para identificar um pequeno problema  pontual que houve com o rompimento de um muro de contenção do aterro, mas foi constatado que isso não compromete em nada a segurança do viaduto”, declarou o secretário.

About Author

1 thought on “TCE vai inspecionar Arco Metropolitano de Campina Grande, após deslizamento de muro

Deixe um comentário...