Venda de rifas é ilegal? Entenda por que influenciador que rifava carros de luxo foi preso

0

Trem Bala ostenta veículos de luxo pelas redes sociais. — Foto: Reprodução/Redes Sociais

A prisão do influenciador digital Eric Trem Bala, de 32 anos, que promovia rifas de carros de luxo na internet gerou um alerta para os usuários das redes sociais. O Ministério da Fazenda afirmou que venda de rifas são proibidas no Brasil, exceto as que são realizadas por entidades beneficentes (entenda mais abaixo).

Trem Bala é investigado por exploração de jogos de azar, falsidade ideológica, lavagem de dinheiro e crimes contra a ordem tributária. Além da prisão dele, outros quatro mandados de busca e apreensão foram cumpridos, todos na terça-feira passada (16), em Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (Minas Gerais).

De acordo com a investigação, ele sorteava estes carros de luxo por meio de aquisição de cotas a valores baixos, a partir de R$ 0,10, divulgadas e ofertadas pelas redes sociais dele. Estes prêmios, apesar de serem entregues, eram sorteados para pessoas próximas a ele.

O Ministério da Fazenda explicou em quais ocasiões e quais entidades estão permitidas a fazer sorteios de rifas. Veja abaixo:

  • Rifas são ilegais?

De acordo com o Ministério da Fazenda, as rifas são proibidas no Brasil. Entende-se como rifas sorteios com a venda de bilhetes numerados, ao estilo da Loteria Federal.

  • Quem pode fazer sorteios de rifas?

A única forma de sorteio com venda de bilhetes permitida no país é a realizada por entidades beneficentes.

  • Quem autoriza o sorteio de rifas?

O sorteio de rifas de entidades beneficentes foi autorizado pela Lei 5.768/1971 e regulada pelo Decreto 70.951/1972. A venda de rifas deve ser autorizada pelo Ministério da Fazenda, por meio da Secretaria de Prêmios e Apostas.

  • Como fazer um pedido de autorização de venda de rifas?

A entidade beneficente deve encaminhar o pedido de autorização por meio do Sistema de Controle de Promoções Comerciais (SCPC), um sistema gerenciado pelo Ministério da Fazenda e o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro).

O Ministério da Fazenda ainda reforçou que as regras para as organizações sem fins lucrativos precisam apresentar documentação, regulamento do sorteio e pagar uma taxa de autorização.

Crime nas redes sociais

De acordo com a Polícia Civil, com o influenciador Trem Bala foram apreendidos nove veículos, entre eles uma carreta, uma moto, um jet ski e carros de luxo que, juntos, valem mais de R$ 4 milhões.

“Isso demonstra claros indícios de manipulação desses sorteios. Além dos veículos, dos bens, ele sorteava cotas de Pix. Fazia transferências de R$ 50 mil, R$ 30 mil, R$ 10 mil para as pessoas sorteadas, mas de números fraudados através de softwares. A investigação prossegue”, esclareceu o delegado Magno Machado.

A investigação também aponta para “clara lavagem de dinheiro“, com movimentações milionárias, acompanhadas de sonegação fiscal. Trem Bala ostentava uma vida de luxo nas redes sociais, com veículos avaliados em mais de R$ 1 milhão, incompatível com o que ele declarava.

A polícia relata que os jogos de azar on-line estão cada vez mais comuns, com o envolvimento de influenciadores sorteando carros de luxo e mansões. Geralmente, vêm associadas a lavagem de dinheiro, organização criminosa e crimes fiscais.

Exploração de jogos de azar para obtenção de lucro para pessoas físicas ou jurídicas é crime previsto pelo Código Penal Brasileiro, sendo permitida apenas para entes governamentais.

O portal tenta contato com a defesa de Eric Trem Bala.

About Author

Deixe um comentário...