VÍDEO: Chuva de granizo atinge Sertão da Paraíba; entenda fenômeno

Imagem ilustrativa. Crédito: Alex Dukhanov/Unsplash

Uma chuva de granizo atingiu o município de Santana dos Garrotes e suas proximidades na tarde e noite da segunda-feira (23) e madrugada da terça-feira (24), no Sertão da Paraíba.

Imagens feitas por moradores registraram o fenômeno. (Veja vídeo clicando aqui)

O que causa o granizo

Conforme a Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (AESA), é comum ter chuva de granizo nessa época do ano em regiões como o Cariri e o Sertão da Paraíba, devido a alta umidade do ar e também por conta das altas temperaturas.

A instituição explica que a chuva de granizo acontece quando as condições de tempo em um determinado local são bastante estáveis e existe uma temperatura alta, com calor intenso. Assim, uma alta disponibilidade de umidade presente no ar é formada e a combinação desses dois fatores ocasionam nuvens, geralmente formadas no período da tarde e noite.

“Isso faz com que exista uma formação de um tipo de nuvem específica, com o ar se condicionando e levando a formação de granizo”, pontua a meteorologista da Aesa, Marle Bandeira.

A ‘torre’

Uma nebulosidade chamada Cumulonimbus (CB) é comum na região do semiárido paraibano, especialmente nos meses de dezembro, janeiro e fevereiro.

Na linguagem popular dos sertanejos, essa nebulosidade chama-se “torre”, porque é uma nuvem que se desenvolve verticalmente, com bastante intensidade, em curto intervalo de tempo e bastante forte.

Essas nuvens provocam pancadas de chuva, na maioria das vezes, fortes, com raios e trovões e, em alguns casos, há precipitação de granizo.

Perigo

Entre os riscos de presenciar uma chuva de granizo estão os danos a carros, telhados e lavouras, além de ferimentos em pessoas e animais.

Em caso de emergências, a população deve acionar a Defesa Civil Municipal pelos números 0800-285-9020 ou 98831-6885. Sobre esta terça-feira, a Defesa Civil não registrou nenhuma ocorrência.

Deixe um comentário...