Vídeos mostram mulher que tentou sequestrar criança rondando prédios

Foto: Reprodução

Imagens captadas por câmeras de segurança de prédios residenciais da 310 Sul, no Plano Piloto (DF), mostram Maria Zilda Pinto Alves, 49 anos, andando pela região, antes de tentar sequestrar uma bebê, de 1 ano e 5 meses, em um parquinho da quadra, na manhã desta quarta-feira (25/5). a moradora de rua que bateu em uma babá e tentou sequestrar uma criança de 1 ano que brincava em um parquinho, na quadra 310 Sul,

Presa na noite desta quarta, no Núcleo Bandeirante, a moradora de rua bateu em uma babá e tentou levar a criança, mas foi impedida pela cuidadora. Se condenada, Zilda pode pegar até 10 anos de prisão. Segundo os investigadores da 1ªDelegacia de Polícia (Asa Sul), a suspeita já teria feito outras vítimas de tentativa de sequestro em outras regiões do Distrito Federal.

A mulher responde a quase 50 processos criminais pela prática de diversos crimes, como lesão corporal, dano qualificado, ameaça, injúria racial, desacato e maus-tratos de criança.

Veja os vídeos:

O caso

No momento do crime, por volta das 9h desta quarta, várias crianças se divertiam enquanto eram vigiadas por babás. Maria Zilda, então entrou no parquinho, retirou uma menina que estava no escorregador e partiu para cima da babá. A cuidadora foi agredida com tapas, socos e unhadas.

A mulher em situação de rua tentou fugir com a criança no colo, mas foi impedida por outras duas babás que estavam no local. Uma das testemunhas que presenciaram o ataque, a babá Vitória Ferreira, de 49 anos, conta já viu a suspeita na região em outras duas oportunidades. “De repente, veio a moça de baixo dos blocos, com uma sacola grande na mão e uma toalha molhada nos braços. Ela entrou, sentou na gangorra”, conta.

Após sentar-se no local, a mulher observou o movimento do parquinho por aproximadamente 10 minutos antes de tentar o sequestro. “Quando eu vi, a babá já estava pedindo socorro, gritando ‘me ajuda’. Ela conseguiu puxar a criança dela e correr”, narra.

Deixe um comentário...