Acusado de apostatar da fé, Ricardo Gondim apoia Lula

O pastor da Igreja Betesda em São Paulo, Ricardo Gondim, publicou em suas redes sociais uma foto ao lado do candidato à Presidência da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), para demonstrar seu apoio político.

Gondim é um líder religioso ligado à esquerda política que já fez declarações polêmicas sobre evangélicos; inclusive, declarando que sua igreja agora é inclusiva. Isso é, não considera a homossexualidade como pecado, negando o que está na Bíblia.

Na publicação, o religioso – que já foi pastor da Assembleia de Deus – diz que o presidente Jair Bolsonaro agiu semelhante aos gafanhotos e critica os cristãos que defendem sua reeleição.

– Entendo que o atual governo agiu semelhante aos gafanhotos do mundo antigo em seu abandono das florestas, em seu desprezo aos indígenas e em sua insensibilidade para com centenas de milhares de mortos da Covid. O atual presidente é culpado diante de Deus. Na realidade cruel em que vivemos, seu “e daí?” debocha do próprio Deus – escreveu Gondim.

O pastor diz ainda que sua declaração pública de voto busca “ajudar os indecisos” e invoca os evangélicos a votarem “sem medo dos líderes religiosos que promovem pânico moral”.

Nos comentários, muitos internautas criticaram o religioso que já é conhecido no meio cristão por apostatar da fé

Deixe um comentário...