Com medo, grávida deixa cidade ao denunciar estupro e violência do ex

Foto: Reprodução

Por Thalys Alcântara

Uma jovem grávida de 22 anos decidiu mudar de cidade por medo do ex-namorado, de 31, que ela denunciou por estupro e diversos episódios de agressão, além de perseguição.

A situação aconteceu em Praia Grande, no litoral de São Paulo. A vítima preferiu não revelar a identidade ou a cidade para onde se mudou.

Segundo relatado ao G1 Santos e Região, a jovem começou a se relacionar com o atual agressor em 2020. No entanto, ela se separou em janeiro de 2021 após ser agredida pela primeira vez.

Mas o agora ex-namorado continuou indo atrás dela, perseguindo, agredindo e em uma situação chegou a estuprar a jovem, segundo a denúncia. Ela contou que os familiares que ficaram na cidade também têm medo do homem.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil, que não descarta a possibilidade de uma prisão preventiva contra o homem. A delegada definiu o suspeito como um “agressor insistente”.

Deixe um comentário...