Criança tem alta após passar 7 anos internado no hospital em João Pessoa

João Lucas Rodrigues Ribeiro, de sete anos, foi diagnosticado com Atrofia Muscular Espinhal (AME), e estava no hospital desde os quatro meses de vida. Agora, ele segue para o tratamento em casa….leia detalhes…

Uma criança internada há mais de sete anos no Hospital Universitário Lauro Wanderley, em João Pessoa, recebeu alta médica nesta sexta-feira (27). João Lucas Rodrigues Ribeiro, de sete anos, foi diagnosticado com Atrofia Muscular Espinhal (AME).

O paciente deu entrada no hospital com apenas quatro meses de vida, em 2014, e seguiu direto para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), onde ficou por cerca de cinco anos.

Desde o início de 2019 o paciente estava sendo acompanhado pela equipa da Unidade de Atenção à Criança e ao Adolescente e nesta sexta, quando tudo já estava preparado na casa da criança em João Pessoa, ele pôde sair do hospital. João Lucas precisa de ventilação mecânica e monitoramento 24 horas por dia.

“Foram quase cinco anos na UTI, sem sair para lugar algum, a não ser umas poucas vezes para o corredor do hospital. No entanto, mesmo em um ambiente fechado, com muitas restrições (pois ressaltavam os riscos de intercorrências), fomos sempre bem assistidos durante todo o tempo em que permanecemos lá”, relatou Sonali Rodrigues, mãe do menino.

A assistência domiciliar será prestada ao garoto através do serviço home care. Ele terá acompanhamento médico com enfermeiros, técnico de enfermagem, fisioterapeuta, fonoaudiólogo e psicólogo, além dos médicos responsáveis.

“A volta para casa traz um significado de pertencimento. O paciente fica no seio familiar, podendo fazer parte da rotina de casa, participando dos momentos de família e todo esse processo, junto com os cuidados clínicos que ele continuará recebendo em domicílio, vai estar atrelado ao bem-estar psicológico e melhor qualidade de vida do paciente”, destacou Camila Batista, psicóloga do HULW.

Equipe médica do HULW se despedindo de João Lucas — Foto: Divulgação/HULW

Equipe médica do HULW se despedindo de João Lucas

Na despedida de João Lucas ao hospital, a equipe médica preparou um passeio na cobertura do prédio. Ele soltou balões, simbolizando liberdade. Os profissionais de saúde e a família do menino vivenciaram momentos de emoção, que marcam o retorno de João para casa.

“Mesmo diante do diagnóstico de AME, procuro ver a situação com um outro olhar, jamais focar na doença. Tento ser feliz ao lado do meu filho, aproveitar cada minuto, viver um dia de cada vez. concluiu a mãe do garoto.

Mary Simon

Deixe um comentário...