Fala de Pelé faz presidente do Santos desistir de aposentar a 10

0

Pelé. Foto: Divulgação / Santos FC

Por Paulo Moura

Uma declaração feita por Pelé em 2017 fez com que o Santos desistisse de discutir a possibilidade de aposentar a camisa 10 do clube com a morte do ex-jogador. O tema chegou a ser proposto pela família de Pelé e seria levado ao Conselho Deliberativo do Santos, mas, com a declaração, o assunto foi encerrado.

A fala em questão foi feita por Pelé em uma entrevista ao youtuber Bolívia, em 2017. Na ocasião, o ex-jogador foi perguntado se gostaria de ver a 10 do Santos aposentada, mas respondeu que preferia que ela continuasse sendo utilizada. Assim, o presidente Andrés Rueda optou fazer a vontade de Pelé, mantendo o número disponível.

– É melhor deixar o número 10 porque aí o pessoal nunca vai esquecer – disse Pelé, na época.

A diversos veículos da imprensa esportiva, o próprio Rueda confirmou a decisão e disse que não levará mais o tema ao Conselho. Inicialmente, o dirigente santista tinha tomado a decisão de não utilizar o número 10 nas partidas do clube a partir de janeiro por meio de um “ato administrativo”. A medida foi suspensa.

Pelé estava internado desde o último dia 29 de novembro no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Sua entrada no hospital ocorreu em virtude de uma infecção respiratória que ele teve após contrair Covid-19 e também para a reavaliação do tratamento de um câncer no cólon. Ele faleceu aos 82 anos.

About Author

Deixe um comentário...