Homem que confessou matar namorada e foi liberado de delegacia é preso

Iago Lacê Falcão e Rita de Kássia Nogueira Matias Santos. Foto: Reprodução

Por Mariah Aquino

O estudante de enfermagem Iago Lacê Falcão, de 26 anos, se entregou no sábado (19/11) à polícia do Rio de Janeiro depois de ter a prisão preventiva decretada na sexta-feira (18/11). Ele admitiu ter assassinado a namorada no último domingo (13/11), a técnica de enfermagem Rita de Kássia Nogueira Matias Santos, 27 anos.

O casal namorava há um mês, mas se conhecia previamente por trabalhar na mesma área. Na terça-feira (15/11), Iago confessou ter matado Rita de Kássia e ocultado o corpo em uma propriedade da família dele, abandonada há cerca de 10 anos, em Bento Ribeiro, Zona Norte do Rio de Janeiro.

Apesar da confissão, o estudante foi liberado pelo delegado André Renato Ramos da Silva, da Delegacia de Homicídios da Capital. A justificativa foi a de que não havia mais flagrante.

Em nota, a Polícia Civil afirmou ter emitido o mandado de prisão preventiva assim que recebeu o laudo de necropsia, na quinta-feira (17/11). “O documento foi fundamental para apontar a causa da morte e melhor esclarecer os fatos”, informou a corporação.

Rita foi vista com vida pela última vez às 21h30 do último domingo (13/11), em imagens de câmera de segurança que mostram a saída do casal da casa de sua família, na Baixada Fluminense. O corpo foi encontrado com pescoço, mãos e pés amarrados.

Deixe um comentário...