PRF: Agentes reclamam de água negada em escolta de Lula

Sede da Polícia Rodoviária Federal em Brasília. Foto: José Cruz/Agência Brasil

Por Monique Mello

A relação entre agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e o governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) estaria tensa. No último sábado (21), a viagem de Lula (PT) a Roraima teria sido marcada por um atrito. As informações são do colunista Guilherme Amado, do Metrópoles.

Policiais que fizeram a escolta do petista, em Roraima, teriam se queixado de que a Presidência não teria servido água. Segundo eles, a justificativa teria sido que a categoria recebe auxílio-alimentação.

Apesar dos relatos, fontes da Presidência disseram desconhecer qualquer proibição. Elas também não tiveram conhecimento de que houve pedido de água por parte dos agentes.

Deixe um comentário...