Professor é acusado de assediar alunas no RJ: “Arruma foto de biquíni”

Foto: Reprodução

Por Daniele Dutra

Rio de Janeiro – Um professor de matemática está sendo investigado pela Polícia Civil após acusações de assédio sexual contra pelo menos duas alunas em uma escola particular. O caso aconteceu no Colégio Novo Horizonte, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense do Rio de Janeiro.

Professor é acusado de assédio sexual em escola particular no RJ 2
Em uma das mensagens, ele chama a aluna para o motel após a escola
Professor é acusado de assédio sexual em escola particular no RJ 2
Professor chegou a pedir para ver foto das partes íntimas das meninas

Em um vídeo gravado por alunos, é possível ouvir os gritos do pai de uma estudante assediada chamando o professor de pedófilo. Ele foi até a unidade para tentar expor o docente.

Em uma troca de mensagens, é possível ver o professor chamando a aluna para ir ao motel na saída da escola. Em outra conversa, ele pede foto de duas estudantes, menores de idade, onde diz que deseja ver a parte íntima delas:

“Arruma uma foto dela e sua de biquíni. Só postam de roupa”, disse o acusado. O pai de uma das vítimas procurou a delegacia e registrou o caso.

Em nota, a Polícia Civil disse que o caso foi registrado na 58ª DP (Posse) e encaminhado para a 52ª DP (Nova Iguaçu) para dar prosseguimento à investigação. Diligências estão em andamento para esclarecer os fatos.

O portal procurou a escola, que informou que todas as providências já foram tomadas. O professor foi demitido nesta segunda-feira (8/7) por justa causa e a escola diz que está dando todo o apoio necessário para as famílias.

 

Deixe um comentário...