Ricardo Barros: “Moraes virou um cabo eleitoral do Lula”

Ricardo Barros. Foto: JP Rodrigues

Por Leiliane Lopes

Para o deputado federal Ricardo Barros, líder do governo na Câmara, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Alexandre de Moraes, tem tomado decisões monocráticas que acabam beneficiando o candidato à Presidência Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

A crítica se dá pela recente decisão de anular inquéritos contra os institutos de pesquisas eleitorais. A decisão foi assinada nesta quinta-feira (13) referente aos casos abertos pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e da Polícia Federal.

Ao comentar sobre o assunto, o parlamentar disse que Moraes virou um “cabo eleitoral do Lula”.

– Não pode ser monocrático isso. Esse abuso de autoridade é do STF e do TSE. E especialmente do ministro Alexandre de Moraes. Ele infelizmente virou um cabo eleitoral do Lula descarado e não consegue se conter no momento em que precisa ser magistrado e não ativista político – declarou Barros em entrevista ao UOL.

A visão do líder do governo na Câmara é que o STF tem atuado com corporativismo mesmo diante das ações contestáveis de Alexandre de Moraes.

– O Moraes gosta de tomar decisões monocráticas no inquérito eterno das fake news e não coloca para apreciação de ninguém. Os colegas dele estão constrangidos e não têm oportunidade de contestar. Aliás, por corporativismo, o STF acaba querendo apoiar decisões monocráticas dos outros e cometem atentados contra democracia – completou o parlamentar.

Deixe um comentário...