Técnico da Holanda convoca seis goleiros e recruta ex-jogador de vôlei

Louis van Gaal. Foto: Eric Verhoeven/Soccrates/Getty Images

Por Junio Silva

O técnico da Holanda, Louis van Gaal, demostrou preocupação com possíveis disputas de pênaltis na Copa do Mundo 2022. Com isso, o treinador convocou seis goleiros para os confrontos contra Polônia e Bélgica pela Liga das Nações.

Em entrevista coletiva, o técnico afirmou que a decisão visa buscar o melhor para a seleção, que deve contar com quatro goleiros na lista dos 26 jogadores da convocação final.

“Estamos buscando o melhor pegador de pênaltis. Em todos os torneios ficou claro que os pênaltis podem ser decisivos”, explicou em entrevista coletiva.

Além do número alto de goleiros, Van Gaal ainda contratou o ex-jogador de vôlei Peter Murphy para a comissão técnica holandesa, visando melhorar o desempenho dos goleiros da Holanda.

“Ele estudou isso. Ele não estudou vôlei. Ele estudou outra ciência e tem conhecimento disso. Não quero me alongar muito, pois provavelmente mais países farão isso. Provavelmente somos os primeiros a fazê-lo com base científica”, disse Van Gaal sobre Murphy.

Substituição histórica

Esta não é a primeira vez que Van Gaal demonstra preocupação especial com disputas de pênaltis. Na Copa de 2014, o comandante da Laranja Mecânica protagonizou uma das cenas mais icônicas do torneio no jogo contra a Costa Rica, válido pelas quartas de final.

Na ocasião, o técnico da Holanda decidiu substituir Cillessen, então titular, para mandar a campo o reserva Krul nos minutos finais da prorrogação. O goleiro que entrou apenas para a disputa de pênaltis acabou brilhando, e com duas defesas ajudou a classificação da Holanda para as semifinais, onde seria derrotada pela Argentina.

 

Deixe um comentário...