Vídeo: Alckmin é chamado de “cúmplice de ladrão” em aeroporto

Geraldo Alckmin. Foto: Reprodução

Por Ana Flávia Castro

O vice-presidente eleito Geraldo Alckmin (PSB) foi hostilizado por um homem, na última terça-feira (22/11), no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo.

O episódio foi registrado em vídeo. Nas imagens, é possível ver o momento em que o manifestante se aproxima de Alckmin e o chama de “cúmplice de ladrão”, em referência ao presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT), além de questionar “como ele tinha coragem de olhar na cara dos netos”.

Um Termo Circunstancial de Ocorrência (TCO) foi lavrado na delegacia da Polícia Federal do aeroporto.

Veja o vídeo:

“Hein, chuchu? Como é que faz? Você tem coragem de olhar na cara dos seus netos?”, questiona, ao chamar o vice-presidente eleito pelo “apelido”. “Isso que é caráter? Isso que é coerência?”, prossegue, enquanto Alckmin aguarda a entrada em uma área reservada do aeroporto.

O homem também chama Alckmin de “ladrão de merenda”, ao lembrar polêmica que envolveu o então governador de São Paulo. Na ocasião, ele foi acusado de fraude em contratos para alimentação em escolas.

Agressão verbal em hotel

Também nesta semana, o político foi ofendido por dois homens na recepção do hotel em que estava, em São Paulo. Alckmin conversava com um grupo de pessoas quando um homem se aproximou e começou a xingá-lo, na quarta-feira (23). O agressor ofendeu, ainda, os agentes da PF que faziam a segurança do vice-presidente eleito.

Depois, um outro homem se juntou a ele e passou a atacar os policiais. A dupla foi detida por desacato à autoridade. Eles foram presos na quinta-feira (24).

Deixe um comentário...