PF prende dois homens por desacato após ataques a Geraldo Alckmin

Geraldo Alckmin. Foto: Ricardo Stuckert/PT

Por Daniela Santos

Policiais federais responsáveis pela segurança do vice-presidente eleito Geraldo Alckmin (PSB) prenderam dois homens que o ofenderam na recepção do hotel onde ele está hospedado, em Brasília, na noite de quarta-feira (23/11).

Alckmin conversava com um grupo de pessoas quando um homem se aproximou e começou a xingá-lo. O agressor também ofendeu os agentes da PF que faziam a segurança do vice-presidente eleito.

Depois, um outro homem se juntou a ele e passou a atacar os policiais. A dupla foi detida por desacato à autoridade. Eles assinaram um termo circunstanciado e foram liberados em seguida.

Ataques no aeroporto

Nesta semana, o ex-governador de São Paulo foi alvo de outro ataque, no aeroporto de Congonhas, em São Paulo. Um vídeo mostra o momento em que o homem o aborda e o chama de “cúmplice do ladrão”. Caso aconteceu na terça-feira (22/11).

“Você tem coragem de olhar na cara dos seus netos?”, questiona o manifestante. O homem ainda ofende o vice-presidente eleito de “ladrão de chuchu” e “ladrão de merenda”.

Veja as imagens:

Deixe um comentário...