Ex-segurança da família Schumacher é preso sob suspeita de envolvimento em chantagem

0

Michael Schumacher. Foto: Arquivo pessoal

Um ex-agente de segurança que trabalhava para a família de Michael Schumacher foi preso sob suspeita de ter desempenhado um papel fundamental na tentativa de chantagem de pessoas próximas à lenda da Fórmula 1, informou na sexta-feira (5) o Ministério Público de Wuppertal (oeste da Alemanha).

O homem de 52 anos foi preso na quinta-feira (4) no âmbito da investigação deste caso, revelado no final de junho.

“O suspeito teria sido empregado no passado como agente de segurança da família Schumacher e encarregado, entre outras coisas, de digitalizar imagens privadas”, segundo a mesma fonte.

O acusado teria desempenhado o papel de intermediário entre a família Schumacher e os dois acusados de chantagem, em prisão provisória.

Dois homens, de 53 e 30 anos, disseram a pessoas próximas dos Schumacher que possuíam informações comprometedoras sobre o ex-piloto, de 55 anos, que sofreu um traumatismo craniano há mais de uma década, segundo um comunicado da promotoria publicado no final de junho.

Em troca de não divulgarem as informações na ‘deep web’, exigiram uma indenização milionária, informou o comunicado.

Eles podem ser condenados a cinco anos de prisão pelo crime de chantagem.

Schumacher, que foi sete vezes campeão mundial de Fórmula 1 e marcou época entre 1994 e 2004, sofreu um grave acidente enquanto esquiava na França, em dezembro de 2013. Depois de seis meses em coma no hospital, passou a receber atendimento médico em casa, mas pouco se sabe sobre seu atual estado de saúde.

 

About Author

Deixe um comentário...