Filho joga gasolina em casa para atear fogo e matar a mãe no PR

Foto: Pixabay

Uma mulher acamada, que não tem movimentos nas pernas, foi salva por vizinhos depois de ser ameaçada de morte pelo próprio filho, que espalhou gasolina pela casa e pretendia atear fogo na residência. O fato foi registrado no Núcleo Habitacional João Paulo, em Apucarana, no começo da noite da quarta-feira, 23/11.

Segundo o boletim de ocorrências da Polícia Militar (PM), que foi acionada, um vizinho da vítima acionou o 190, informando que estaria escutando gritos de socorro vindo da casa ao lado, que a vizinha seria acamada e que havia um cheiro forte de gasolina.

Os policiais foram até o local e foram informados que o filho da vítima havia surtado e começou a discutir com sua mãe, que não possui os movimentos das pernas, e em seguida, pegou um galão de gasolina e começou a espalhar pela casa, móveis, roupas e dizer que iria atear fogo.

Com a chegada da polícia, o homem fugiu.

Dentro da casa havia forte odor de gasolina por toda extensão, sendo acionado o Corpo de Bombeiros, que fez uma vistoria em todo o local e orientou que fosse retirada a vítima. Ela foi acolhida na residência de uma vizinha.

Policiais realizaram patrulhamento pelas proximidades, porém o responsável pela ameaça não foi localizado.

Durante a checagem e vistoria, a própria vítima ligou para seu filho e falou para este não voltar para casa, porque a polícia estava no local e iria prendê-lo. Ela disse ainda que não queria representar contra seu filho.

Deixe um comentário...