Moraes afastou Ibaneis sem pedido de órgãos investigadores

0

Alexandre de Moraes, ministro do STF. Foto: Nelson Jr./SCO/STF

Por Thamirys Andrade

A decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes de afastar o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), foi tomada sem que houvesse qualquer pedido por parte de entidades investigadoras, nem mesmo de congressistas. Segundo informações da Folha de S.Paulo, é inédito no Brasil que um ministro suspenda um governador sem solicitação prévia.

A medida foi tomada na última terça-feira (10), dois dias após a invasão às sedes dos Três Poderes, em Brasília. Na ação, o magistrado considerou que houve “conduta dolosamente omissiva” por parte de Ibaneis.

A decisão foi confirmada pelo plenário do STF, na quinta-feira (12), por 9 votos a 2. Os únicos a se posicionarem contra foram os ministros André Mendonça e Nunes Marques, ambos indicados pelo ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

A suspensão de Ibaneis é temporária e vale por 90 dias. Ela foi tomada no âmbito de ações protocoladas pela AGU e pelo deputado federal Randolfe Rodrigues (Rede-AP); mas nem o órgão, nem o parlamentar chegaram a pedir o afastamento de Ibaneis.

About Author

Deixe um comentário...