Pastor é preso no RJ acusado de fazer sexo com vulneráveis em igreja

Pastor preso. Foto: Divulgação/Polícia Civil

Rio de Janeiro – A Polícia Civil do Rio prendeu, na quarta-feira (22/6), um pastor evangélico da Assembleia de Deus. Ele é acusado de usar as dependências da igreja para praticar sexo contra vulneráveis.

De acordo com a corporação, Leandro de Castro atuava como pastor em unidades da igreja nas comunidades da Coroa e São Carlos, na região central, e no Turano, na Tijuca, Zona Norte da cidade.

Pastor Leandro de Castro

Pastor Leandro de Castro

Vítimas e representantes legais foram ouvidos e confirmaram o crime à polícia. A prisão preventiva do religioso foi autorizada pela 5ª Vara Criminal da Capital e realizada por agentes da 6ª DP (Cidade Nova), no bairro de Inhaúma, na Zona Norte do Rio.

 

Deixe um comentário...