Quem é Luzinete, a ‘Rainha da Seresta’, que morreu aos 67 anos, em Bayeux, PB

Luzinete, conhecida como 'Rainha da Seresta', morreu aos 67 anos, em Bayeux — Foto: Reprodução/TV Cabo Branco

A cantora Luzinete Firmino, que morreu na madrugada da quinta-feira (24), em Bayeux, na Grande João Pessoa, é conhecida como ‘Rainha da Seresta’. Ela era bastante conhecida entre o público seresteiro, especialmente na cidade de Bayeux, onde a prefeitura chegou a decretar luto de três dias.

Luzinete deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Bayeux na noite da quarta-feira (23), com um quadro de desconforto respiratório, mas sofreu sucessivas paradas cardiorrespiratórias de madrugada, e não resistiu. Conforme a família, ela teve Covid-19 há cerca de 15 dias, mas estava recuperada.

A cantora, que morava com o marido e dois netos no bairro de São Bento, já trabalhou como doméstica e técnica de enfermagem, mas sua verdadeira paixão era a música. Luzinete começou a cantar ainda na adolescência, influenciada pelo pai que também cantava, acumulando assim mais de 50 anos de carreira.

A prefeita de Bayeux, Luciene Gomes, destacou a importância da artista no segmento cultural da Paraíba. “A Paraíba inteira está de luto. Perdemos hoje uma grande paraibana e filha de Bayeux, Luzinete. Perdemos uma amiga, uma companheira, uma mulher guerreira e, sobretudo, talentosa que soube dar a Paraíba, durante todos esses anos em que esteve nos palcos e fora dele, a atenção e a dedicação merecida pelos fãs,” afirmou a prefeita.

Conhecida por sua voz potente e repertório com clássicos de cantoras como Roberta Miranda, a ‘Rainha da Seresta’ deixa fãs enlutados, como Walter da Silva Nóbrega que conversou com a reportagem da TV Cabo Branco. “A gente tá muito triste, muito abatido, os fãs, os amigos, os colegas. Ela deixou um legado muito bom de alegria”, lamentou.

Deixe um comentário...