Servidor da Saúde é preso suspeito de vender remédios gratuitos, na PB

Funcionário foi detido com receitas em branco e medicamentos (Foto: Reprodução/Codecom)

Um funcionário da Secretaria de Saúde de Campina Grande, na Paraíba, foi preso suspeito de vender medicamentos de distribuição gratuita. De acordo com a secretaria, o agente administrativo foi detido com receitas em branco e medicamentos.

A denúncia feita é de que ele estaria comercializando as prescrições e os remédios, que fazem parte da lista de medicamentos dispensados pelo SUS.

Em nota, a pasta informou que o servidor foi demitido no sábado (19) e que vai colaborar com a investigação da Polícia Civil.

A Secretaria de Saúde de Campina Grande ainda afirmou que “repudia veementemente a conduta do agente e rechaça quaisquer tipos de atos ilegais dentro da administração pública”.

Deixe um comentário...