Temer liga para Bolsonaro para falar sobre a crise entre os Poderes

Segundo interlocutores, o ex-presidente defende que o atual mandatário deveria ter uma conversa direta com o presidente do STF, Luiz Fux

O ex-presidente Michel Temer (MDB) ligou para o presidente Jair Bolsonaro na última terça-feira (24/8). Segundo interlocutores e aliados dos dois, eles conversaram sobre a crise política entre os três Poderes.

Na conversa, o emedebista teria feito um apelo pela “pacificação”. O atual chefe do Palácio do Planalto, por sua vez, teria reclamado de decisões do Judiciário, mas disse estar disposto a dialogar com outros Poderes.

O diálogo telefônico ocorreu poucos dias antes de o ex-presidente da República jantar em São Paulo, na quinta-feira (26/8), com o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Ao magistrado Temer também pediu o distensionamento na relação entre o STF e o Palácio do Planalto. Moraes é o relator de uma série de inquéritos que investigam Bolsonaro e seus aliados.

Segundo interlocutores, Temer não acredita, “a essa altura”, na possibilidade de um encontro entre o ministro e o atual presidente da República, como alguns “bombeiros” chegaram a sugerir.

Para o emedebista, segundo seus aliados, o ideal seria um encontro direto entre o atual chefe do Planalto e o presidente do STF, Luiz Fux; o que, por ora, o ministro da Corte não topa.

Poliana Skaf

Deixe um comentário...