76 covas com corpos de crianças sacrificadas são encontradas no Peru

Ossadas encontradas. Foto: Programa Arqueológico Huanchaco/Divulgação

Por Jacqueline Saraiva

Corpos de crianças, todos com os pés voltados para o Leste e a cabeça para o Oeste, e de costas para o mar: este foi o cenário encontrado recentemente e que chamou atenção de um grupo de pesquisadores em um sítio arqueológico na costa Norte do Peru.

Foram 76 covas identificadas na cidade de Huanchaco, distrito da provincia de Trujillo, onde se encontra o sítio arqueológico de Pampa La Cruz. As escavações foram realizadas entre julho e agosto deste ano.

Escavação crianças Peru
A tumba mais incomum estava na região do primeiro morro. Ela chamou mais atenção dos especialistas pelo fato de conter – ao contrário da maioria – cinco mulheres sentadas frente a frente, formando uma espécie de círculo
Escavação crianças Peru
Segundo a pesquisa de arqueólogos, os túmulos de crianças, que deveriam ter entre 6 e 15 anos de idade quando morreram, são referentes à antiga cultura pré-Inca, datadas em mais de 450 anos
Escavação crianças Peru
Foram 76 covas identificadas na cidade de Huanchaco, distrito da provincia de Trujillo, onde se encontra o sítio arqueológico de Pampa La Cruz
Escavação crianças Peru
Corpos de crianças, todos com os pés voltados para o Leste e a cabeça para o Oeste, e de costas para o mar

Segundo os arqueólogos, os túmulos dessas crianças, que deveriam ter entre 6 e 15 anos de idade quando morreram, são referentes à antiga cultura pré-Inca, datadas em mais de 450 anos.

Gabriel Prieto, chefe do Programa Arqueológico de Huanchaco (Puhan), explicou que toda a equipe realizou cerca de 80 análises dos esqueletos por datação de radiocarbono, o que possibilitou a identificação da idade.

Entre 2016 e 2019, a equipe liderada por ele já havia encontrado outros túmulos com esta mesma configuração. Ao todo, esqueletos de 302 crianças foram desenterrados na região.

No entanto, as sepulturas não foram encontradas todas no mesmo local. Prieto afirma que 25 foram encontradas no Morro I, e as outras 51 estavam no Morro II. As informações foram divulgadas pela Andina, agência de notícias peruana.

Mulheres em círculo

A tumba mais incomum encontrada na escavação mais recente estava na região do primeiro morro. Ela chamou mais atenção dos especialistas pelo fato de conter – ao contrário da maioria – cinco mulheres sentadas frente a frente, formando uma espécie de círculo. Os pesquisadores ainda estudam o que esta posição pode indicar.

Escavação crianças Peru

Ainda de acordo com os arqueólogos, as tradições e o sítio arqueológico se referem mais especificamente à sociedade e cultura Chimu, uma cultura pré-Inca que se desenvolveu na região entre 900 d.C. e 1.450 d.C.

O arqueólogo Gabriel Prieto, que também é pesquisador da Universidade da Flórida , nos Estados Unidos, destacou que o primeiro evento sacrificial ocorreu entre cerca de 1.050 e 1.100, até 1.200 d.C., e foi encontrado no Mound I.

Deixe um comentário...