A Libertadores volta para a Globo; SBT fica com a Sul-Americana

Troféu da Libertadores. Foto: Divulgação

Por Marcondes Brito

A Conmebol estava “empurrando com a barriga”, mas acabou de anunciar que a Copa Libertadores da América voltará para a Rede Globo, a partir de 2023, até 2026. Ao SBT, que estava numa disputa direta com a Globo, restou apenas a Copa Sul-Americana, que, desta forma, volta à TV aberta após três anos.

O processo de concorrência foi conduzido pela agência FC Diez. A Conmebol soube negociar bem desta vez e arrecadará cerca de US$ 1,5 bilhão (R$ 7,7 bilhões).

Os direitos da Libertadores e Sul-Americana foram divididos em quatro pacotes cada. Havia um de TV Aberta, dois de TV Fechada e um de highlights (melhores momentos). A produção de imagem é feita pela própria Conmebol.

A Globo, que fez a melhor proposta financeira, perdia para o SBT pelo fato de não se comprometer a exibir os patrocinadores da Conmebol. Isso acabou deixando a disputa mais acirrada e equilibrada. Mas, no final, a Globo cedeu e retomou os direitos de transmissão da competição.

No caso da TV Aberta, Globo e SBT passaram para o segundo round. A emissora carioca, em sua proposta, se comprometeu a exibir os patrocinadores da Libertadores em suas transmissões, em medida inédita. O SBT apostava no trunfo de ter salvado a Conmebol quando a Globo abandonou o contrato anterior: assumiu os direitos da Libertadores por três anos.

Deixe um comentário...