CNI: quase metade do país acha que a economia está ruim ou péssima

© Shutterstock

Por Victor Fuzeira

Em pesquisa divulgada na quinta-feira (22/9), a Confederação Nacional da Indústria (CNI) aponta que quase metade da população brasileira avalia a situação atual da economia brasileira como ruim ou péssima.

Para fazer este levantamento, a entidade ouviu 2.030 brasileiros a partir de 16 anos, entre 16 e 21 de agosto, em todos os estados e no Distrito Federal.

Conforme dados obtidos pela CNI, 34% dos brasileiros consideram a economia atual como regular, enquanto apenas 15% avaliam o atual cenário econômico do país positivamente (ótimo ou bom). O restante não soube ou não quis responder aos questionamentos.

Apesar da avaliação negativa dos brasileiros, mais da metade dos entrevistados (59%) disseram acreditar que há perspectiva de melhora significativa ou não da economia nos próximos dois anos. Em contrapartida, 17% avaliam que o futuro trará pioras econômicas ao país.

O levantamento foi conduzido pelo Instituto FSB Pesquisa. As entrevistas ocorreram de forma presencial nas 27 unidades da federação, entre os dias 16 e 21 de agosto. A margem de erro é de dois pontos percentuais (para mais ou para menos). O estudo tem intervalo de confiança de 95%.

Deixe um comentário...