Datena cobra Bolsonaro: ‘O povo está morrendo de fome, de coronavírus’

Durante seu programa “Brasil Urgente”, na Band, Datena cobrou e rasgou o verbo para o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Na segunda-feira (30), o apresentador, que falava sobre os ataques de bandidos em Araçatuba, em São Paulo, citou Bolsonaro

Durante seu programa “Brasil Urgente”, na Band, Datena cobrou e rasgou o verbo para o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Na segunda-feira (30), o apresentador, que falava sobre os ataques de bandidos em Araçatuba, em São Paulo, citou Bolsonaro.

“A gente já vive com essa instabilidade política muito grande, não pode permitir que esses bandidos tirem a nossa tranquilidade. Se nessa crise que nós enfrentamos no Brasil, onde há ameaça da liberdade, à democracia, com declarações de golpe e coisas parecidas… Se a gente olha isso, esses ataques terroristas a outros ataques malucos, usar armas que tem por aí, o país vai ficar ingovernável, vai perder completamente a sua governabilidade”, começou Datena.

“Eu achava melhor que o presidente começasse a governar, que Paulo Guedes começasse a pensar no povo, esquecesse campanha política, esquecesse da história de voto e ligar para o povo que está morrendo de fome, de coronavírus, que está com outras doenças, que não tem teto. Se isso a gente alinhar o terror desses ataques, nós estamos completamente perdidos. Não dá para continuar assim”, completou ele no jornalístico.

 

Deixe um comentário...