ESPN demite jornalista acusado de homofobia na redação

Fábio Sormani e Felippe Facincani. Foto: Reprodução/Montagem

Por Marcondes Brito

A semana não foi fácil para o pessoal do canal ESPN. Depois de demitir Felippe Facincani por comportamento inadequado com colegas de redação, agora foi a vez de Fábio Sormani, um dos mais prestigiados comentaristas esportivos da emissora, com mais de 40 anos de carreira.

Sormani foi comunicado na sexta-feira (23/9) que o seu contrato seria rescindido: “O jornalista Fabio Sormani deixa de fazer parte do time de comentaristas dos canais de esporte da Disney. Agradecemos por todo seu empenho e desejamos sucesso à sua nova etapa profissional”, diz a emissora, em nota.

O motivo da demissão foi uma piada de cunho homofóbico, numa conversa na redação do canal, na frente de várias testemunhas. Um dos profissionais que presenciou o fato e ouviu o que aconteceu era um jornalista gay, que achou o caso inadmissível e grave.

Imediatamente após ser denunciado pelo colega, a área jurídica determinou o afastamento do jornalista enquanto tudo era apurado. Com pelo menos cinco testemunhas que confirmaram a fala inadequada e preconceituosa, não havia outra saída para colocar um ponto final nesse assunto.

Além de comentários na TV, Sormani assinava um blog na plataforma on-line do ESPN. A última publicação no espaço virtual foi na última quarta-feira (21/9).

Deixe um comentário...