Gafanhotos são capazes de detectar câncer de boca, afirma pesquisa

Foto: GettyImages

Pesquisadores da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, descobriram que o cérebro de gafanhotos é capaz de reconhecer gases emitidos por três tipos de células cancerígenas presentes em tumores na boca. Os insetos também conseguiram diferenciar amostras de pacientes sem câncer.

Segundo os cientistas, o reconhecimento do câncer foi feito rapidamente, e com bastante eficácia. A pesquisa foi publicada apenas em pré-print, e ainda não foi revisada pela comunidade científica.

O teste foi feito colocando eletrodos no cérebro dos gafanhotos. Em seguida, as amostras foram liberadas na região da antena dos insetos, área onde os odores são detectados. Foi observado que as amostras com câncer desencadearam reações diferentes no cérebro dos insetos.

Não se sabe se os resultados seriam semelhantes em outros tipos de câncer, e se os insetos também reconheceriam o câncer na urina, na respiração ou no suor dos pacientes. Atualmente, o teste é feito com amostra recolhida com swab na boca do paciente e o diagnóstico sai em até 10 dias.

Porém, os insetos usados no experimento não sobrevivem depois de ter o cérebro aberto para o teste. Um dos principais problemas deste tipo de estudo é a dificuldade em aplicá-lo na vida real.

Deixe um comentário...