Técnico da Espanha homenageia filha caçula que morreu aos 9 anos

Foto: Reprodução

Por Thalita Vasconcelos

Horas antes do confronto entre Espanha e Alemanha, pela segunda rodada da Copa do Mundo do Qatar, o treinador da seleção espanhola, Luis Enrique Martínez, postou um vídeo nas redes sociais homenageando a filha Xana, que completaria 13 anos no domingo (27/11). A menina morreu em 2019, aos 9 anos, após um câncer ósseo.

“Já estamos no 14º dia de concentração [para a Copa]. Hoje não apenas enfrentamos a Alemanha, como também é um dia muito especial porque Xanita faria 13 anos. Amor, onde quer que esteja, tenha um bom dia, muitos beijos. Nós te amamos! Tchau”, disse Luis Enrique.

Veja a publicação:

Xana foi diagnosticada com um osteosarcoma, que é um tumor ósseo maligno. Durante cinco meses, ela passou por tratamento. Luis Enrique, inclusive, ficou afastado da seleção, por cinco meses, para acompanhar a filha.

Em 2015, o técnico e a filha protagonizaram um momento de fofura quando Luis venceu a Champion’s League pelo Barcelona. As imagens do técnico com a pequena usando a camisa do clube catalão, festejando o título, foram recuperadas por perfis de futebol nas redes sociais.

O espanhol é casado desde 1997 com Elena Cullel, com quem teve outros dois filhos: o mais velho, Pacho, e segunda filha do casal, Sira, que namora Ferran Torres, atacante da Seleção espanhola.

Deixe um comentário...