Bolsonaro sobre rapaz que atirou antes de culto com Michelle: “De facção”

Presidente Jair Bolsonaro. Foto: Clauber Cleber Caetano/PR

Por Mariana Costa

O presidente e candidato à reeleição Jair Bolsonaro (PL) comentou, na tarde de sábado (15/10), o episódio no local do evento da primeira-dama Michelle Bolsonaro, em Fortaleza (CE). Na noite da sexta-feira (14/10), uma hora antes de um culto ser realizado com as presenças de Michelle e da recém-eleita senadora Damares Alves (Republicanos-DF), um homem de 22 anos atirou contra o muro de uma igreja evangélica. Ninguém se feriu. O suspeito foi preso.

Em intensa agenda de viagens de campanhas em torno do país, a ex-ministra e a primeira-dama cumpriram agenda em Fortaleza um dia antes da chegada do presidente à capital cearense.

“Vocês souberam do fato de ontem (sexta)? Já tem boletim de ocorrência. Minha esposa estava aqui. Foram dados dois tiros no local onde ela foi. Foi preso o elemento. Ele é de uma facção criminosa. Confessou que foi inspirado do que aconteceu no Rio anteontem, para inibir presença de pessoas no evento da primeira-dama com a Damares”, disse Bolsonaro, sem dar mais detalhes sobre o acontecimento no Rio de Janeiro.

A fala, no entanto, contradiz as informações da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do que realmente ocorreu no Bairro Sapiranga, Área Integrada de Segurança 7 (AIS 7) de Fortaleza.

Em nota, a pasta afirmou, antes das declarações de Bolsonaro, que o suspeito não tinha passagem pela polícia e que um tiro foi disparado da arma de fogo. Não se sabe a motivação.

Veja a íntegra do comunicado:

“A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informa que um homem suspeito de efetuar um disparo contra o muro de uma igreja, uma hora antes de um evento iniciar no local, foi preso após uma ação rápida da Polícia Militar do Ceará (PMCE).

Ninguém ficou ferido durante a ocorrência. O homem de 22 anos, que não tinha antecedentes criminais, estava com um revólver calibre 38 e se apresentou como vigilante. O fato foi registrado no bairro Sapiranga, Área Integrada de Segurança 7 (AIS 7) de Fortaleza, nesta sexta-feira (14).

Em depoimento, o suspeito não repassou nenhuma informação. Ele foi autuado por disparo de arma de fogo. Após ser arbitrada fiança, ele foi liberado. As apurações seguem em andamento visando identificar a motivação do crime”.

Deixe um comentário...