‘Eu Posso’: programa de microcrédito prorroga prazo para envio de documentação, em João Pessoa

Inscrições são feitas exclusivamente pelo site do programa — Foto: Divulgação/Secom-JP

O programa de microcrédito social da Prefeitura de João Pessoa, ‘Eu Posso’, prorrogou o prazo para recebimento da documentação exigida. Agora, o empreendedores inscritos podem concluir o cadastro até às 15h desta sexta-feira (25).

Segundo a prefeitura, o prazo foi prorrogado por mais uma semana devido a quantidade de inscritos com pendências. As inscrições acontecem até o mês de outubro, e ao todo, mais de 2,6 mil empreendedores se cadastraram.

Os inscritos como Pessoa Física devem anexar documento de identidade; comprovante de Situação Cadastral no CPF; comprovante de residência em nome do proponente, dos pais ou do cônjuge (que pode ser de água, energia, telefone, fatura de cartão de crédito de até 90 dias ou contrato de aluguel com firma reconhecida do locador e locatário); certidão negativa municipal; e comprovante de conta bancária cuja titularidade seja do empreendedor e que contenham informações sobre banco, agência, número da conta e nome do titular.

Já os inscritos como Pessoa Jurídica têm que anexar documentos dos sócios pessoa física (no caso de ME) ou do titular (no caso de MEI), conforme a documentação exigida para pessoa física; cartão CNPJ ou certificado de MEI e ME; comprovante do endereço comercial; certidões negativas municipal, estadual e federal; certificado de regularidade do FGTS Pessoa Jurídica; e comprovante de conta bancária Pessoa Jurídica que contenha banco, agência, número da conta e nome do titular.

Também é preciso anexar, além dos documentos, certificados das três capacitações exigidas no edital: “Desenvolvimento Pessoal”, com 4 horas-aula; “Finanças Pessoais”, com 4 horas-aula; e “Gestão de negócios” (Microcrédito Consciente e Identidade Empreendedora), com 5 horas-aula. Todos os cursos são on-line e disponibilizados no site do programa.

Depois de anexar a documentação exigida, os empreendedores aptos seguem para as próximas etapas, como análise de crédito e concessão do crédito. O valor limite oferecido para pessoa física é de R$ 6 mil, e para pessoa jurídica, R$ 10 mil.

Deixe um comentário...