Lula sobre apoio de Amoêdo: “Respeito está acima de discordâncias”

Lula. Foto: Reprodução

Por Rebeca Borges

Após o fundador do partido Novo, João Amoêdo, declarar voto em Lula (PT) no segundo turno das eleições, o petista afirmou, no sábado (15/10), que “respeita as discordâncias” com o político.

Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, Amoêdo afirmou votar em Lula para derrotar Jair Bolsonaro (PL) no pleito deste ano. O posicionamento é contrário ao de 2018, quando o fundador do Novo apoiou Bolsonaro na eleição contra Fernando Haddad (PT).

Crítico à gestão petista, Amoêdo disse que mantém as divergências contra o partido, mas que não compactua com as políticas adotadas por Bolsonaro ao longo dos quatro anos de mandato.

Nas redes sociais, Lula ressaltou o “respeito” às divergências com Amoêdo. “A gente pode ter muitas discordâncias. Mas, acima disso, está o respeito ao direito de discordar”, publicou o petista no Twitter. Veja:

 

Deixe um comentário...