Memória muscular: saiba quanto tempo o corpo leva para esquecer o treino

0

Foto: Getty Images

por Guilherme Gama

Quando nunca treinamos, é difícil começar. Mas quando retornamos à academia após um tempo parado, a sensação é de que o corpo responde melhor e mais rápido, fazendo com que o recomeço não seja tão difícil ou frustrante. Poderia ser a chamada “memória muscular” – mas o músculos, na verdade, não têm memória. O que chamamos disso é uma junção de fatores musculares e neurais, registrados pelo sistema nervoso, que tendem a facilitar a retomada do exercício, mesmo após algum tempo sem treinar.

Uma vez que o seu corpo já experimentou um movimento e já esteve na condição de melhor forma física, o organismo conhece o caminho neural, de produção de substâncias necessárias e até de conhecimento de treino, conta a professora do Instituto de Psicologia IP), da Universidade de São Paulo (USP), Andrea Peterson Zomignani.

De acordo com a pesquisa publicada na revista Cell Physiology neste ano, existem evidências que o tecido muscular pode ser “preparado” por experiências anteriores positivas com o treinamento de força. Essa preparação pode aumentar as capacidades adaptativas a um estímulo posterior, mesmo após longos períodos longe da academia, explica João Paulo Manechini, coordenador do curso de Educação Física do Centro Universitário Estácio de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo.

About Author

Deixe um comentário...