Santander nega ter defendido golpe para evitar eleição de Lula

não ser sua a avaliação de que melhor seria um golpe de Estado do que a eleição do ex-presidente…. LEIA MAIS….

O banco Santander informou nesta 5ª feira (12.ago.2021) não ser sua a avaliação de que melhor seria um golpe de Estado do que a eleição do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 2022. Por meio de nota, a instituição disse que relatório com esse conteúdo é de autoria de uma consultoria independente e foi repassado a um “grupo restrito de investidores que necessitam embasar suas decisões em diferentes visões do cenário nacional“.

O ex-presidente Lula da Silva atraiu a atenção para texto escrito por consultoria sobre um possível golpe de Estado

Eis a íntegra:

O Santander esclarece que o texto citado não corresponde, sob qualquer hipótese, a uma visão da instituição, que restringe suas análises econômicas a variáveis que impactem a vida financeira de seus clientes, sem qualquer viés político ou partidário. O conteúdo trata-se, tão somente, de avaliação feita por uma consultoria independente – que não censuramos e por cujo teor não nos responsabilizamos -, repassada a um grupo restrito de investidores que necessitam embasar suas decisões em diferentes visões do cenário nacional.”

A suspeita de que o Santander teria enviado a seus clientes relatório com esse conteúdo foi registrada hoje em reportagem da revista “Fórum”.

Publicado por Fabiana Maluf

Deixe um comentário...